ILS lança Intelsat-22




O foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (93528/99537) foi lançado às 1210:32UTC do dia 25 de Março de 2012 para iniciar uma missão de cerca de 15 horas e 30 minutos com o objectivo de colocar em órbita o satélite de telecomunicações Intelsat-22. Com um céu pontilhado de nuvens sobre a Plataforma de Lançamento PU-39 do Complexo de Lançamento LC200 do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão, a contagem decrescente decorreu sem qualquer problema e o foguetão foi lançado à bora prevista. Todas as fases iniciais da missão (separação dos três estágios iniciais, separação da carenagem de protecção e separação do estágio Briz-M) decorreram sem problemas. O estágio Briz-M levou a cabo a sua primeira ignição entre as 1221:48UTC e as 1226:07UTC. Serão realizadas mais quatro queimas antes da separação do Intelsat-22.

O satélite Intelsat-22 foi construído pela Boeing Satellite Systems e é baseado no modelo BSS-702MO, tendo uma massa de 6.199 kg no lançamento e um período de vida útil de 18 anos. Está equipado com 22 repetidores de banda C, 18 repetidores de banda Ku e 18 repetidores UHF que irão fornecer serviços para a África, Ásia, Europa, Médio Oriente e Oceano Índico. As forças de defesa australianas compraram a carga UHF que será utilizada durante 15 anos.

Esta é a primeira missão da ILS (International Launch Services) que irá utilizar uma órbita supersincronizada com os primeiros três estágios a utilizar uma ascensão standard para colocar o Briz-M numa trajectória suborbital. A partir daqui o Briz-M realiza várias manobras colocando-se primeira numa órbita preliminar, seguindo-se uma órbita intermédia, uma órbita de transferência e finalmente uma órbita de transferência para a órbita geossincrona. Na separação o Intelsat-22 estará colocado numa órbita com um apogeu a 65.000 km de altitude, perigeu a 3.791 km de altitude e inclinação orbital de 28,5º.

 
 
 


Imagens: TVRoscosmos e ILS

Deixe um comentário