Grande plano do anel B de Saturno



Esta imagem mostra o detalhe incrível com que a nave espacial internacional Cassini está a observar os anéis de Saturno, compostos por detritos gelados, como parte das suas orbitas fechadas “rasantes aos anéis”. 

Esta imagem focaliza numa região do anel B de Saturno, com o dobro do detalhe alguma vez observado, revelando a opulência da estrutura.

Os anéis de Saturno são compostos principalmente de água em forma de gelo e variam de pequenas manchas do tamanho de poeiras, a pedras de dezenas de metros de diâmetro. Alguns dos padrões observados nas imagens em grande plano dos anéis de Cassini são gerados pelas interacções gravitacionais com as muitas luas de Saturno, mas muitos detalhes permanecem inexplicados.

Espera-se que Cassini retribua com uma biblioteca de novas imagens detalhadas dos anéis nos próximos meses, o que ajudará os cientistas planetários a aprender mais sobre os misteriosos padrões.

As órbitas muito próximas aos anéis da nave espacial começaram em Novembro passado e continuarão até ao final de abril, quando a missão entrará na sua fase de ‘grande final’. Durante 22 órbitas finais, Cassini mergulhará repetidamente no espaço entre os anéis e Saturno, antes de mergulhar na atmosfera do planeta, em meados de Setembro, para concluir a sua incrível odisseia de 13 anos no sistema de Saturno.

A imagem foi obtida em luz visível com a câmara de ângulo-largo de Cassini a 18 de Dezembro de 2016, a uma distância de cerca de 51 000 km dos anéis, e encontra-se virada para o lado não iluminado dos anéis. A escala da imagem é de cerca de 360 m por pixel. Com a finalidade de preservar os detalhes de maior qualidade, esta imagem não foi processada para remover as muitas pequenas manchas brilhantes, que são criadas por raios cósmicos e radiação de partículas carregadas perto do planeta.

A missão Cassini-Huygens é um projecto cooperativo da NASA, ESA e ASI, a agência espacial italiana. A imagem foi apresentada pela primeira vez num comunicado publicado a 30 de Janeiro de 2017.

Notícia e imagem: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Tags:  , ,

Deixe um comentário