GOES-P – Relatório de Missão nº 8



No interior das instalações de processamento de carga Astrotech o satélite GOES-P foi colocado no interior da carenagem de protecção no dia 5 de Fevereiro.

Os trabalhos para abastecer o satélite com os propolentes necessários para as manobras orbitais e para o sistema de controlo de atitude foram finalizados com sucesso, sendo o satélite acoplado com o anel de fixação de carga no dia 1 de Fevereiro.

No Complexo de Lançamento SLC-37 é levada a cabo uma simulação da contagem decrescente com o lançador totalmente abstecido no dia 8 de Fevereiro. O GOES-P será depois transportado para a plataforma de lançamento e acoplado com o foguetão lançador a 15 de Fevereiro.

O GOES-P foi desenvolvido pela NASA para a National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA). A NASA estabeleceu um contrato com a Boeing para construir e lançar o satélite.

O GOES-O é o mais recente satélite desenvolvido pela NASA para auxiliar os meteorologistas e cientístas do clima norte-americanos. Os satélites GOES fornecem as imagens do clima tão familiares, proporcionando uma cobertura quase contínua a nível de imagem e detecção remota, permitindo assim aos meteorologistas melhor medir as alterações na temperatura atmosférica e na distribuição de humidade, permitindo assim um aumento na fiabilidade das suas previsões. A informação ambiental fornecida por estes satélites é utilizada num sem número de aplicações, incluindo monitorização do estado do tempo e modelos de previsão.

O NASA Launch Services Program no Centro Espacial Kennedy suporta o lançamento num papel consultivo. A gestão do programa da NASA para o GOES-P é da responsabilidade do Centro de Voo Espacial Goddard. Após o lançamento, e uma vez terminada a verificação orbital por parte da Boeing e da NASA, o satélite será transferido para a NOAA e rebaptizado GOES-15.

O lançamento do GOES-P será levado a cabo por um foguetão Delta-IV M+(4,2) (D348) a partir do Complexo de Lançamento SLC-37B do Cabo Canaveral, Florida.

Deixe um comentário