Faleceu o astronauta Wubbo Ockels



Ockels, Wubbo (1)

O astronauta holandês Wubbo Ockels faleceu a 18 de Maio de 2014 com 68 anos de idade.

Wubbo Ockels foi Especialista de Carga a bordo da missão Spacelab-D1 (Deutschland 1) durante a missão STS-61A em Outubro e Novembro de 1985. Juntamente com sete outros astronautas, levou a cabo experiências relacionadas com as Ciências da Vida e Processamento de Materiais que foram projectadas e controladas pela Agência Aeroespacial Federal Alemã (DFVLR).

Os oito astronautas a bordo do Spacelab-D1 estavam divididos em duas equipas de três elementos que trabalhavam em turnos de 12 horas. Ockels e o Comandante da missão, Henry Hartsfield, dividiam-se entre os dois turnos trabalhando onde e quando necessário. Durante a missão Ockels foi várias vezes alertado para a necessidade de ter de dormir devido à intensidade com que se dedicava à missão.

Wubbo Jojannes Ockels nasceu a 28 de Março de 1946 em Almelo, Holanda, apesar de ter passado a sua infância em Groningen. Recebeu o seu doutoramento em Física e Matemática pela Universidade de Grningem em 1973 e finalizou a sua tese em 1978.

Entre 1973 e 1978 Ockels trabalhou como investigador no Instituto do Acelerador de Física Nuclear (KVI) em Groningen, estando envolvido na projecção de software informático e dispositivos de  detecção para o acelerador de partículas. Ao mesmo tempo, Ockels leccionava nesse mesmo instituto.

Em 1978 Ockels foi seleccionado pela Agência Espacial Europeia como um dos três finalistas para a missão Spacelab-1. Quando esta missão foi lançada em Novembro de 1983, Ockels era o Especialista de Carga suplente para Ulf Merbold, e apoiou o voo a partir do centro de controlo de missão no Centro Espacial Marshall, Huntsville – Alabama.

Em Maio de 1980, e segundo um acordo entre a NASA e a ESA, Ockels e o astronauta Claude Nicollier iniciaram sessões de treino com 19 candidatos a astronautas da NASA, finalizando este curso com sucesso em Agosto de 1981.

A sua primeira e única missão espacial decorreu entre 30 de Outubro e 6 de Novembro de 1985 a bordo do vaivém espacial OV-099 Challenger. Esta missão teve uma duração de 7 dias 0 horas 44 minutos e 53 segundos, com Wubbo Ockels a tornar-se no 187º ser humano (juntamente com os astronautas Bonnie Jeanne Dunbar, Reinhard Alfred Furrer e Ernest Willi Messerschmid) e 1º astronauta holandês a realizar uma missão espacial orbital.

Após a sua missão espacial, Ockels trabalhou no Centro Europeu de Tecnologia Espacial (ESTEC) em Noordwijk, Holanda, enquanto permanecia como membro activo do corpo de astronautas da ESA. Foi candidato para Especialista de Carga para as duas missões IML (International Microgravity Laboratory) que foram lançadas nas missões STS-42 e STS65, mas não foi seleccionado.

Em Maio de 1993 foi designado para um cargo profissional no ESTEC na faculdade de engenharia aeroespacial da Universidade Técnica de Delft, Holanda. Foi promovido a professor em Setembro de 2003,

Wubbo Ockels faleceu aos 68 anos de idade devido a complicações resultantes de doença cancerígena.

Deixe um comentário