Estado dos satélites Galileo



Galileo_orbits_viewed_from_above_node_full_image_2Lançados desde Kourou a 22 de Agosto, os dois mais recentes satélites Galileo encontro num estado seguro desde 28 de Agosto, estando a ser controlados a partir do centro da ESA em darmstadt, Alemanha, apesar de terem sido colocados numa órbita mais baixa do que o previsto.

O potencial de tirar o máximo partido do Galileo-FOC FM01 (Doresa) ‘Galileo-5 (261)’ e do Galileo-FOC FM02 (Milena) ‘Galileo-6 (262)’, apesar das suas órbitas de injecção não previstas e dentro dos limites das suas capacidades de propulsão, está a ser analisado.

Galileo_orbits_viewed_side-on_node_full_image_2

Vários especialistas da ESA, apoiados pela industria europeia e pela agência espacial francesa CNES, estão a analisar os diferentes cenários que poderão atribuir o maior valor para o programa e salvaguardar, o máximo possível, os objectivos originais da missão.

Estão a decorrer análises mais detalhadas juntamente com consultas junto dos parceiros industriais, com o objectivo de determinar uma ‘órbita melhorada’ onde os dois satélites possam fornecer serviços operacionais.

Imagens: ESA

Deixe um comentário