Estação espacial modular da China



estacao China 01

Por volta de 2020 a China deverá já estar a operar a sua estação espacial modular. Esta estação espacial é aqui apresentada em duas configurações: uma configuração base e uma configuração alargada.

estacao China 02

A configuração base terá um comprimento de cerca de 90 metros e é composta por um módulo principal, dois módulos experimentais e por dois sistemas de manipulação remota de diferentes comprimentos (imagem em cima).

A configuração alargada terá um comprimento de cerca de 180 metros e é composta por dois módulos principais, quatro módulos experimentais, dois sistemas de manipulação remota de diferentes comprimentos, e quatro instalações de exposição de amostras ao ambiente espacial (imagem em baixo).

estacao China 03

A estação será servida por um veículo de carga não tripulado baseado no módulo TG-1 Tiangong-1. Este veículo terá uma massa de cerca de 13.500 kg, podendo transportar até 6.500 kg. É composta por uma secção pressurizada, uma secção semi-pressurizada e uma outra secção despressurizada. Está equipado com painéis solares e poderá transportar vários tipos de cargas, além de propolentes. O veículo pode ser utilizado como uma plataforma de exposição de materiais ao ambiente espacial e pode servir como um pequeno módulo para a estação espacial modular.

estacao China 04

Imagens: Internet Chinesa

Deixe um comentário