Esclarecimento sobre o estado do satélite norte-coreano




Após algumas dúvidas suscitadas pela informação que surge em ‘Satélite norte-coreano descontrolado em órbita?‘ convém esclarecer que isto não significa necessariamente que haja algum problema com o satélite. De facto, e desconhecendo-se neste altura o método de estabilização orbital do veículo, este é um estado natural no qual muitos dos satélites se encontram após se separarem dos seus lançadores.

A Coreia do Norte ainda não divulgou qualquer informação específica sobre o Kwangmyongsong-3 (2) para além do facto de referir que esta é a segunda unidade do satélite Kwangmyongsong-3. Assim, podemos nesta altura assumir sem grande erro que este satélite é semelhante ao satélite que foi perdido em Abril de 2012.

O Kwangmyongsong-3 (2) terá uma forma de paralelepípedo com quatro das suas seis faces cobertas por células solares para o fornecimento de energia. Como sistema de estabilização poderá utilizar um mastro para estabilização por gradiente de gravidade ou um sistema de torques magnéticos.

As informações que circularam relativas ao facto de o satélite estar descontrolado em órbita, foram emitidas por fontes norte-americanas e que podem estar enviesadas com o intuito de desvalorizar o lançamento do satélite, dando ênfase ao que crêem ter sido o principal objectivo deste lançamento, isto é, o teste da tecnologia necessária para a construção de mísseis balísticos intercontinentais.

Deixe um comentário