Dragon SpX-9 regressa à Terra



DragonSpX9 2

A cápsula espacial não tripulada Dragon SpX-9, regressou à Terra sem problemas concluindo uma missão logística de 37 dias à estação espacial internacional.

A astronauta Norte-americana Kathlyn Rubins e o astronauta Japonês Takuya Onishi, utilizaram o Canadarm2 para libertar a Dragon às 10:11UTC do dia 26 de Agosto de 2016 enquanto que o complexo orbital sobrevoava o Mar de Timor.

Após ser separada do complexo, a Dragom iniciou uma série de manobras de afastamento da ISS que culminaram numa retro-travagem às 14:56UTC que iniciou de facto o seu regresso à Terra. A reentrada ocorreu sem problemas e a amaragem teve lugar no Oceano Pacífico às 15:47UTC, transportando 1.547 kg de experiências a bordo.

DeagonSpX9 4

A Dragon SpX-9 havia sido lançada no dia 18 de Julho desde o cabo Canaveral AFS, tendo sido acoplada com a ISS a 20 de Julho.

Para além dos usuais mantimentos, a Dragon transportou o IDA-2 (International Docking Adapter-2) com uma massa de 467 kg. Os IDA são dispositivos projectados para converterem mecanismos de acoplagem APAS-95 – que foram utilizados pelos vaivéns espaciais – para os novos NDS (NASA Docking System) ou LIDS (Low Impact Docking System), equipamentos standard que deverão ser utilizados pelos veículos espaciais tripulados dos Estados Unidos, incluindo a cápsula Orion, o Dragon v2 e o CST-100 Starliner. O IDA-2 foi fixado no Pressurised Mating Adaptor-2 (PMA-2) no módulo Harmony.

DragonSpX9 3

Imagens: SpaceX

Tags:  ,

Deixe um comentário