Detectada origem do problema na Soyuz MS-02



soyuzms02-20

Segundo fonte da Corporação RKK Energia ‘Sergei Korolev’, não haverá necessidade de se proceder à desmontagem dos três módulos da Soyuz MS-02 para a reparação da falha que levou ao adiamento desta missão.

Aparentemente, e esta é uma informação não confirmada pela Corporação Roscosmos, um cabo ter-se-á queimado no interior da cápsula espacial.

As reparações serão levadas a cabo no Cosmódromo de Baikonur onde já se encontram as peças sobressalentes necessárias para a reparação do veículo espacial. Após realizadas as devidas reparações, a Soyuz MS-02 será submetida a novos testes. Assim, não deverá haver a necessidade de se proceder à troca de veículos entre as missões espaciais Soyuz MS-02 e Soyuz MS-03 que entretanto deverá ser adiada para finais de Novembro, bem como o lançamento do veículo de carga Progress MS-04.

Segundo o porta-voz da Corporação, ainda não foi decidida uma nova data de lançamento, mas este pode ter lugar entre 15 e 20 de Outubro, sendo as datas de 19 ou 20 de Outubro as datas mais prováveis.

O lançamento será levado a cabo pelo foguetão 11A511U-FG Soyuz-FG (R15000-059) a partir da Plataforma de Lançamento PU-6 do Complexo de Lançamento LC31 (17P32-6) do Cosmódromo de Baikonur, Cazaquistão.

A Soyuz MS-02 será tripulada pelos cosmonautas Sergei Nikolaevich Ryzhikov e Andrei Ivanovich Borisenko e pelo astronauta Robert Shane Kimbrough. A tripulação suplente é composta pelos cosmonautas Alexander Alexandrovich Misurkin e Nikolai Vladimirovich Tikhonov e pelo astronauta Mark Thomas Vande Hei.

Deixe um comentário