“Criado laboratório luso-chinês para estudo do espaço e dos oceanos”

Notícia do Jornal Económico para ler aqui.

O STARLab será financiado em partes iguais pelos dois países e no total está previsto um investimento que ronda os 50 milhões de euros nos próximos anos e a abertura de centros de investigação e desenvolvimento em Portugal e na China.


Imagem: Cristina Bernardo

 

Comente este post

%d blogueiros gostam disto: