Cosmonautas russos realizam passeio espacial



Teve lugar no dia 16 de Agosto mais uma actividade extraveícular (passeio espacial) realizada por dois cosmonautas russos.

Os Engenheiros de Voo Fyodor Yurchikhin e Alexander Misurkhin realizaram o primeiro de dois passeios espaciais para prepararem a estação espacial internacional para a chegada de mais um módulo orbital russo que será lançado em Setembro de 2014.

Este foi o 172º passeio espacial realizado para a montagem ou manutenção da ISS. Yurchkhin envergava um fato espacial extraveícular Orlan diferenciado pelas suas listas vermelhas, enquanto que o fato de Misurkhin estava diferenciado com listas azuis.

Os dois homens abandonaram o módulo espacial Pirs às 1436UTC com o objectivo de continuarem os trabalhos de reorientação de cabos de fornecimento de energia e de dados Ethernet que serão necessários para o módulo MLM. A primeira tarefa dos dois homens foi a montagem do guindaste telescópico Strela com o objectivo de poderem deslocar equipamento e eles próprios no exterior da estação espacial. O guindaste foi utilizado para a colocação de painéis de ligação no exterior dos módulos Pirs e Zvezda. Os dois homens também procederam à instalação do painel experimental Vinoslivost no exterior do módulo Pirs. Este painel transporta várias amostras de diferentes materiais que assim ficarão durante algum tempo expostos às duras condições do espaço exterior para assim se aferir dos seus efeitos. Muitos destes materiais poderão no futuro ser utilizados na construção de veículos espaciais ou de outras experiências que tenham a necessidade de suportar tais ambientes hostis.

Esta saída para o exterior da ISS estava originalmente prevista para ter uma duração de 6 horas e 30 minutos, porém os dois homens permaneceram no exterior durante 7 horas e 29 minutos, estabelecendo assim um novo recorde de duração para uma actividades extraveícular russa que anteriormente se encontrava nas 7 horas e 16 minutos e que havia sido estabelecido ainda durante a utilização da estação espacial Mir em 1990.

Imagem: Roscosmos

Deixe um comentário