Convite à apresentação de propostas Fly your Thesis



O Gabinete de Educação da ESA está a convidar equipas de estudantes universitários a apresentarem propostas relacionadas com a concepção, construção e realização de experiências numa campanha de voo parabólico, que ocorrerá, possivelmente, no final de 2018.

As equipas interessadas em participar no Fly your Thesis! 2018 devem apresentar um documento detalhado com a Proposta de Experiência, contendo a descrição das experiências que pretendem realizar. As experiências devem ser uma parte chave das teses de mestrado ou doutoramento, e o tópico das investigações das experiências deve exigir disponibilidade de condições de microgravidade.

Veja o vídeo

A ESA apresentará uma lista com um número restrito de equipas que irão passar para a ronda seguinte do processo de selecção. A selecção basear-se-á exclusivamente nos critérios de elegibilidade das equipas, na relevância da microgravidade, na qualidade da proposta, no rendimento escolar (com base, nomeadamente, no número de estudantes envolvidos, na relevância da experiência para as teses de mestrado ou doutoramento de um ou mais membros da equipa, bem como sobre o mérito científico detalhado na Proposta de Experiência).

O número mínimo de alunos a estarem activamente envolvidos em cada equipa é 4, no entanto um envolvimento activo de mais alunos é desejável. A ESA acredita firmemente na diversidade e na igualdade de oportunidades no local de trabalho. O estudante que se candidata a esta convocação deve também esforçar-se por implementar estes princípios ao formar as suas equipas. As propostas devem também clarificar a forma como as equipas de estudantes pretendem lidar com uma possível rotatividade, a fim de substituir os membros da equipa que possam decidir deixar o projecto.

As equipas seleccionadas terão algumas semanas para concluir um primeiro rascunho do seu Pacote de Dados de Segurança para Experiências (ESDP, um documento técnico exigido a todas as equipas que participam nas campanhas de voo parabólico da ESA) e serão convidados para um seminário de selecção na ESA/ESTEC, para apresentarem as suas propostas de experiências a uma Comissão de Revisão composta por representantes do Gabinete de Educação da ESA, representantes da Direcção de Exploração Humana e Robótica da ESA, pessoal da Novespace e membros da Associação Europeia de Investigação de Baixa Gravidade (ELGRA). Após este seminário, o Comité de Revisão seleccionará as equipas às quais serão oferecidas a oportunidade de voar numa campanha de voo parabólico, tentativamente agendada para final de 2018.

Deve notar-se que, actualmente, a oportunidade de as equipas de estudantes acederem à campanha de voo parabólico ainda não foi confirmada, e este convite à apresentação de propostas é lançado em antecipação à confirmação da execução da campanha. O objetivo é completar a seleção das experiências dos alunos no momento em que a campanha de voo parabólico seja confirmada.

Tipicamente, para executar as experiências a bordo de campanhas de voo parabólico, os alunos acompanham os seus modelos definidos em três voos de 30 parábolas cada. Durante cada parábola, vão experimentar cerca de 20 segundos de microgravidade. Os voos são realizados num avião Airbus A310 Zero-G especialmente equipado, operado pela Novespace.

Todas as equipas selecionadas serão apoiadas pelos peritos em microgravidade do Gabinete de Educação da ESA, ESA e Novespace. Às equipas também será oferecido acompanhamento por parte de um membro da Associação Europeia de Pesquisa de Gravidade Baixa (ELGRA), para ajudar a desenvolver as suas investigações. O Gabinete de Educação da ESA irá fornecer apoio financeiro para cobrir parte da viagem, alojamento e o custo de alguns equipamentos para experiências, se necessário.

As equipas interessadas devem ler atentamente todas as informações dadas neste site antes de se registarem no Portal de Projetos do Gabinete de Educação da ESA.

Notícia e imagens: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Deixe um comentário