Convidar novos parceiros para explorar a Lua e Marte



Mars_as_seen_by_Mars_Express_large

De acordo com a sua nova estratégia de exploração, a ESA está à procura de parceiros comerciais para partilhar a aventura e os benefícios de deixar a Terra.

Os próximos passos da ESA nos seus planos de exploração do Sistema Solar incluem usar a órbita terrestre como plataforma para a ciência e tecnologia, enviando robôs para trazer amostras da Lua e de Marte, e eventualmente expedições com tripulação para explorar estes corpos planetários.

São bem-vindos os parceiros do sector privado, juntando-se à ESA e à sua estratégia de exploração. Junte-se a nós para explorar para além dos horizontes da Terra, partilhando conhecimento, capacidades, riscos e benefícios.

A Agência está agora a emitir uma Call, para avaliar de que forma as companhias podem cooperar com a ESA em novas parcerias.

Thomas Reiter, director da ESA para os Voos Tripulados e Operações, realça a importância desta oportunidade: “A perspectiva da ESA sobre o sector privado no campo da exploração espacial está a evoluir e esta Call está aberta a parcerias que vão além da indústria espacial e tem ainda lugar para iniciativas fora da Europa, desde que apoiem o plano estratégico da ESA e o objectivo de cooperação global para a exploração espacial.”

Uma panóplia de oportunidades

A ESA tem uma vasta rede de meios e instalações, de centrifugadoras de hipergravidade a futuros robôs em Marte, bem como acesso aos mais isolados locais na Terra e para além, tais como as bases na Estação Espacial Internacional e a Antárctida. A ESA pode disponibilizar as suas plataformas, instalações e conhecimento para trabalho nas mais promissoras ideias de parcerias recebidas nesta call.

Bernhard Hufenbach, responsável pelo Gabinete de Planeamento Estratégico, explica: “O âmbito desta call é muito vasto: qualquer pessoa com um plano de negócios robusto que esteja em sintonia com a actividade da ESA na exploração do espaço está convidado a partilhar as suas ideias.”

Sem querer influenciar os candidatos, podemos dar exemplos de parcerias, como o desenvolvimento de software para controlar robôs no espaço e na Terra, investigação de técnicas de perfuração na Terra e em Marte, fabrico de equipamento leve, mas de baixa manutenção, em saúde e segurança para astronautas e trabalhadores em áreas de risco, demonstrações de tecnologia no espaço, e ainda a criação de documentários ou jogos de vídeo que promovam a exploração europeia do espaço.

Submeta a sua ideia de parceria

Sente-se inspirado e tem uma ideia comercial que se encaixe nestes exemplos gerais ou propostas ainda mais interessantes? Submeta a sua carta de interesses até 3 Abril, dando início ao processo. Os detalhes completos desta call podem ser encontrados aqui.

Notícia e imagem: ESA

Tags:  

Deixe um comentário