China prevê 16 lançamentos orbitais em 2013




A China encerrou o ano de 2012 com 19 lançamentos orbitais, menos 2 do que inicialmente previsto devido ao adiamento do lançamento do satélite sino-brasileiro CBERS-3 e da missão SJ-13 Shijian-13. Para 2013, a China espera levar a cabo 16 lançamentos orbitais entre os quais se encontram o lançamento da missão espacial tripulada SZ-10 Shenzhou-10, em Junho, e o lançamento da missão lunar não tripulada Chang’e-3, no segundo semestre do ano.

Serão realizados vários lançamentos para colocar em órbita vários satélites de comunicações, entre os quais o ZX-11 Zhongxing-11 (Chinasat-11) / Supremesat-II, o ZX-M Zhongxing-M (Chinasat-M) e o Túpac Katari ‘TKSat-1’ para a Bolívia. Está também previsto o lançamento do satélite meteorológico FY-3C Fengyun-3C que será acompanhado pelo pequeno satélite XW-2 Xiwang-2.

Uma nova série de satélites de observação civil de alta resolução será iniciada com o lançamento do GF-1 Gaofen-1, enquanto que no campo do mapeamento militar será lançado o TH-2 Tianhui-2. Outros satélites a serem colocados em órbita serão o Shiyan Weixing-5 e o Chuangxin-4 (ambos no mesmo lançamento desde Jiuquan) e os SJ-13 Shijian-13A e Shijian-13B (também no mesmo lançamento desde Taiyuan).

O lançamento do satélite CBERS-3 está previsto para Fevereiro.

Poderão ainda ser lançados dois ou três satélites militares YaoGan Weixing.

Está ainda previsto o lançamento de um novo foguetão ainda não identificado a partir do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan.

O número mais baixo de lançamentos orbitais para 2013 explica-se devido ao facto de não estarem previstos quaisquer lançamentos orbitais relacionados com o programa de satélites de navegação Beidou-2 / Compass. Estes lançamentos serão retomados em 2014.

Deixe um comentário