China poderá lançar Shijian 11-06 a 31 de Março



SJ-11

A China poderá fazer o seu primeiro lançamento orbital de 2014 no dia 31 de Março, tendo por base informações surgidas após a emissão de vários NOTAM.

Os denominados NOTAM (NOtice To AirMan) são uma série de informações que são emitas regularmente quando se pretende o encerramento de um espaço aéreo para a realização de um lançamento espacial, de mísseis balísticos ou simplesmente isolar uma determinada área. Todos os lançamentos espaciais são antecedidos pela emissão de uma série de NOTAM.

Recentemente a China emitiu vários NOTAM de delimitam várias áreas que se encontram sobre uma trajectória que tem por origem o Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan. Os NOTAM emitidos são os seguintes:

A0331/14 - A TEMPORARY RESTRICTED AREA ESTABLISHED BOUNDED BY:
N355224E0983454-N354811E0985737-N361428E0990510-N361842E0984220
BACK TO START. VERTICAL LIMITS:SFC-UNL. SFC - UNL, 31 MAR 02:35 2014 UNTIL 31
MAR 02:57 2014. CREATED: 27 MAR 03:29 2014

A0332/14 - A TEMPORARY RESTRICTED AREA ESTABLISHED BOUNDED BY:
N331253E0973241-N330323E0982258-N334527E0983435-N335501E0974354
BACK TO START. VERTICAL LIMITS:SFC-UNL. SFC - UNL, 31 MAR 02:35 2014 UNTIL 31
MAR 03:05 2014. CREATED: 27 MAR 03:32 2014

Estes NOTAM delimitam as áreas definidas na figura em baixo (as áreas estão delimitadas a amarelo).

Chinese_launch_20140331

Estas áreas são muito semelhantes às que foram delimitadas a quando do lançamento do satélite SJ-11 Shijian 11-05 a 15 de Julho de 2013.

Tendo por base a informação referida nos NOTAM, o analista e jornalista espacial russo Igor Lissov prevê que o lançamento possa ter lugar às 0242UTC de 31 de Março. O satélite a colocar em órbita será o SJ-11 Shijian 11-06 que poderá servir para substituir o satélite SJ-11 Shijian 11-01 que apresenta já mais de cinco anos de serviço em órbita e cuja operacionalidade poderá já estar deteriorada.

No entanto, não têm surgido rumores sobre a deslocação de pessoal que tem como função controlar o lançamento a partir de Jiuquan. Porém, e devido à natureza militar da missão, é possível que esta deslocação possa ter passado despercebida aos observadores.

Deixe um comentário