China poderá desenvolver CZ-3D e CZ-3E



A China poderá vir a desenvolver novos foguetões lançadores tendo em conta a actual demanda do mercado internacional de lançamento de satélites.

Ao levarem a cabo uma analise de mercado, os especialistas Chineses determinaram que a demanda por uma capacidade de lançamento de 7.000 kg para a órbita geossíncrona é elevada. A actual capacidade do foguetão CZ-3B Chang Zheng-3B é de 5.500 kg e como tal será necessário promover várias melhorias neste lançador.

Assim, surgiram recentemente planos para o desenvolvimento dos foguetões CZ-3D Chang Zheng-3D e CZ-3E Chang Zheng-3E tendo por base o lançador CZ-3B.

O foguetão CZ-3D irá substituir o foguetão CZ-3B, utilizando dois motores principais no primeiro estágio e o mesmo propelente. O diâmetro do veículo permanece inalterado e o primeiro estágio é auxiliado por dois propulsores laterais em paralelo com um diâmetro de 3,35 metros. A capacidade de carga para a órbita de transferência geossíncrona será de 7.000 kg.

O foguetão CZ-3E substituiu também o actual lançador CZ-3B, partilhando a configuração base do lançador CZ-3D. O terceiro estágio estará equipado com motores YF-115, consumindo querosene e oxigénio líquido. A sua capacidade de carga será de 5.200 kg para a órbita de transferência geossíncrona.

Imagem: Internet Chinesa (Chinaspaceflight.com)

Deixe um comentário