China lança novo satélite



Shiyan-5 01

A China continua o seu intenso ritmo de lançamentos orbitais ao colocar em órbita um novo satélite, o SW-5 Shiyan Weixing-5. O lançamento teve lugar às 0212:04,397UTC do dia 25 de Novembro de 2013 e foi levado a cabo por um foguetão CZ-2D Chang Zheng-2D a partir da Plataforma de Lançamento 603 do Complexo de Lançamento LC43 do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan.

As informações disponíveis sobre este novo satélite são escassas, sabendo-se no entanto que é baseado na plataforma CAST-100 da Academia Chinesa de Tecnologia Espacial. O Shiyan-5 estará possivelmente relacionado com a plataforma de satélite de tamanho médio destinada ao desenvolvimento de satélites de observação rápida que pode albergar cargas ópticas, SAR e outras para uma rápida aquisição dos alvos. Estas características foram referenciadas num artigo noticioso publicado no princípio de 2013 enquanto decorriam os testes mecânicos ao satélite.

O primeiro satélite Shiyan foi lançado a 18 de Abril de 2004 por um foguetão CZ-2C Chang Zheng-2C desde o Centro de Lançamento de Satélites de Xichang. Este foi o sistema de observação digital experimental da China capaz da obtenção de imagens em estéreo da superfície terrestre, testando também a capacidade de observação digital para a então nova geração de veículos de reconhecimento militar da China.

Semelhante ao Shiyan-1, o Shiyan-2 foi lançado a 18 de Novembro de 2004 também desde Xichang por um foguetão CZ-2C. Os satélites Shiyan-3 e Shiyan-4 foram ambos lançados desde Jiuquan. Ambos os satélites eram veículos experimentais com sistemas de observação digitais com capacidade de observação em estéreo para a realização de mapas. O Shiyan-3 foi lançado a 5 de Novembro de 2008 e o Shiyan-4 foi lançado a 20 de Novembro de 2011. Ambos os satélites não viajaram sozinhos nos seus foguetões CZ-2D que também transportaram o pequeno satélite de comunicações Chuangxin-1 desenvolvido pela Academia de Ciências da China, pela Academia de Tecnologia Espacial de Xangai e pela Xangai Telecomm.

Shiyan-5 02

Shiyan-5 03

Estatísticas:

– Lançamento orbital: 5324

– Lançamento orbital com sucesso: 4978

– Lançamento orbital China: 198

– Lançamento orbital China com sucesso: 186

– Lançamento orbital desde Jiuquan: 70

– Lançamento orbital desde Jiuquan com sucesso: 63

Para 2013 estão agora previstos 81 lançamentos orbitais. A seguinte tabela mostra os totais de lançamentos executados este ano em relação aos previstos para cada polígono (entre parêntesis estão os lançamentos fracassados se for o caso):

Baikonur – 20 (1) / 23

Plesetsk – 5 / 5

Dombarovskiy – 2 / 2

Cabo Canaveral AFS – 9 / 10

Wallops Island MARS – 4 / 4

Vandenberg AFB – 4 / 5

Jiuquan – 7 / 7

Xichang – 1 / 3

Taiyuan – 4 / 6

Tanegashima – 2 / 2

Kagoshima – 1 / 1

Kourou – 6 / 7

Satish Dawan, SHAR – 3 / 4

Naro – 1 / 1

Odyssey – 1 (1) / 1

Dos lançamentos bem sucedidos levados a cabo 38,2% foram realizados pela Rússia; 25,0% pelos Estados Unidos (incluindo ULA, SpaceX e Orbital SC); 17,6% pela China; 8,8% pela Arianespace; 4,4% pelo Japão; 4,4 % pela Índia e 1,5% pela Coreia do Sul.

Os próximos cinco lançamentos orbitais previstos são:

25 Nov (2053:06) – 11A511U Soyuz-U (133) – Baikonur, LC31 PU-6 – Progress M-21M

25 Nov (2236:00) – Falcon-9 v1.1 (F2) – Cabo Canaveral AFS, SLC-40 – SES-8

01 Dezembro (1700:00) – CZ-3B/GIII Chang Zheng-3B/GIII (Y23) – Xichang, LC2 – Chang’e-3

05 Dezembro (????:??) – Atlas-V/501 – Vandenberg AFB, SLC-3E – NROL-39 e Cubesats

08 Dezembro (1212:00) – 8K82KM Proton-M/Briz-M (93544/99546) – Baikonur, LC200 PU-39 – Inmarsat-5-F1

Deixe um comentário