China anuncia versão melhorada do foguetão Chang Zheng-6

A China anunciou o desenvolvimento de uma versão modificada do foguetão CZ-6 Chang Zheng-6 com a introdução de quatro propulsores laterais de combustível sólido para aumentar sua capacidade de carga. A primeira missão do CZ-6A Chang Zheng-6A deverá ter lugar em finais de 2020.

Tendo um curto tempo de preparação para o lançamento, o CZ-6 foi já utilizado em duas missões realizadas a 19 de Setembro de 2015 e a 21 de Novembro de 2017.


O lançador é um veículo a três estágio com um comprimento de 29,3 e uma massa de cerca de 103 toneladas no lançamento, tendo uma capacidade de carga de mais de um tonelada para a órbita sincronizada com o Sol.

Consumindo oxigénio líquido e querosene, o Chang Zheng-6 é dos primeiros foguetões da China que utiliza combustíveis não tóxicos e com baixo índice de poluição.

Em Janeiro, a Corporação Industrial Grande Muralha da China (China Great Wall Industry Corporation), afiliada à Corporação Tecnológica e de Ciência Aeroespacial da China (China Aerospace Science and Technology Corporation – CASTC), assinou um contrato de múltiplos serviços de lançamento com a Satellogic para utilizar os foguetões CZ-6 Chang Zheng-6 e CZ-2D Chang Zheng-2D para lançar 90 satélites para uma empresa privada argentina nos próximos anos. Os primeiros 13 satélites serão lançados ainda este ano. Será a primeira vez que o CZ-6 fornecerá serviços de lançamento para um usuário internacional.

Imagem: Chinaspaceflight via Gunter’s Space Page

 

%d blogueiros gostam disto: