Baptize o robô da Europa que irá percorrer e procurar vida em Marte

A Agência Espacial do Reino Unido lançou uma competição para dar um nome a um rover que irá a Marte procurar sinais de vida.

Com lançamento previsto para 2020, o rover, construído no Reino Unido, faz parte da missão ExoMars da ESA. Irá investigar como Marte evoluiu e se pode haver condições para albergar vida.

O rover ExoMars será o primeiro do seu género a percorrer a superfície marciana e a detalhar se as evidências de vida estão enterradas no subsolo, protegidas da radiação do Sol que bombardeia a superfície do Planeta Vermelho.

O rover irá colectar amostras e analisá-las com instrumentos de próxima geração – um laboratório automatizado completo em Marte.

Um robô com um nome

A competição para nomear o veículo espacial foi revelada, hoje, pelo astronauta da ESA Tim Peake, no Festival Aéreo Internacional de Farnborough.

Marte é um destino fascinante, um lugar onde os humanos trabalharão um dia ao lado de robôs, para reunir novos conhecimentos e buscar vida no nosso Sistema Solar,” diz Tim. “O rover ExoMars é uma parte vital dessa jornada de exploração e estamos a pedir-lhe que se torne parte desta excitante missão e baptize o rover que explorará a superfície marciana.”

O rover deverá aterrar em Marte em Março de 2021, e utilizará painéis solares para gerar energia eléctrica, sobrevivendo às noites frias de Marte com novas baterias e unidades de aquecimento.

A ExoMars será a primeira missão a combinar a capacidade de se mover pela superfície e estudar Marte em profundidade.

Outra parte da missão ExoMars, o Trace Gas Orbiter, já está em órbita a Marte, à procura de gases atmosféricos ligados a processos geológicos ou biológicos activos.

O director de exploração humana e robótica da ESA, David Parker, diz: “Quando eu era jovem e sonhava com a exploração de Marte, esta missão teria sido ficção científica.

As missões da Exomars fazem parte da estratégia da Europa para desenvolver tecnologia e explorar a Terra, a Lua e Marte – para investigar e trazer de volta o conhecimento e os benefícios para as pessoas na Terra. Esta competição compele a inspirar muitos por toda a Europa e aproximar o Planeta Vermelho de casa.”

Para os termos e condições completos e como entrar, aceda

Veja o vídeo.

Notícia e imagens: ESA

Texto corrigido para Língua Portuguesa pré-AO90

Deixe um comentário