Atualização sobre o problema de injeção na órbita do Galileo



220px-Galileo_logo.svg

As operações continuam a decorrer suavemente para os satélites Galileo 5-6. Os dois já têm os painéis solares a funcionar em pleno, gerando energia.

Os satélites estão em segurança e sob controlo, apesar de terem sido libertados a 22 de Agosto numa órbita mais baixa e elíptica em lugar da esperada órbita circular.

As equipas europeias em terra instaladas no centro de controlo da ESA, ESOC, em Darmstadt, Alemanha, em cooperação com o fabricante OHB, confirmam que ambos os satélites estão em segurança, apontando correctamente para o Sol, devidamente abastecidos e completamente sob controlo da equipa ESA-CNES.

Os controladores estão prontos para passar à fase seguinte ao lançamento e início da fase de actividade.

Em paralelo, as equipas da ESA estão a investigar a possibilidade de tirar o máximo partido dos satélites, apesar de estes terem sido injetados fora da sua órbita nominal e tendo em conta as limitações em termos propulsivos. Serão avaliados diferentes cenários, antes de ser tomada uma decisão relativamente a uma missão de recuperação.

Notícia e imagem: ESA

Deixe um comentário