Atlas-V lança novo satélite de navegação



 

O foguetão Atlas-V/401 (AV-039) foi lançado às 2139UTC do dia 15 de Março de 2013 numa missão de 3 horas e 23 minutos para colocar em órbita o satélite de navegação GPS-IIF-4. O lançamento teve lugar desde o Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS. A separação do satélite deverá ter lugar pelas 0103UTC do dia 16 de Maio.

O sistema GPS (Global Positioning System) é um sistema de navegação espacial de cobertura mundial que fornece aos seus utilizadores informação altamente precisa e tridimensional sobre a sua posição, velocidade e tempo, 24 horas por dias e em qualquer condição meteorológica. A Boeing é a empresa responsável pelo desenvolvimento e construção de quatro programas GPS desde 1974, estando também responsável pela construção de doze satélites GPS Block-IIF da próxima geração.

Criado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos para aumentar a capacidade de combate dos militares norte-americanos, o GPS está disponível para utilização gratuita para todos aqueles que tenham um receptor de sinal GPS. As forças militares dos Estados Unidos e dos seus aliados utilizam o sistema GPS em virtualmente todos os sistemas para melhorar as suas capacidades e efectividade enquanto reduz o risco associado às suas forças e não combatentes. Desde as finanças até à agricultura, passando pela localização de encomendas, a utilização pela comunidade civil continua a aumentar de forma rápida e novas aplicações comerciais estão continuamente a ser desenvolvidas.

O aumento da utilização civil e comercial do sistema GPS, juntamente com as lições aprendidas ao longo de vários anos de operações militares e de experiências específicas durante a Operação Tempestade do Deserto, a Guerra do Kosovo, a Operação Escudo do Deserto e da Operação Liberdade do Iraque, levaram a um desejo de modernização do sistema e de aumentar as suas capacidades, mantendo a actual missão do sistema. Em resposta a uma nova demanda civil e às doutrinas emergentes da navegação em combate, a Força Aérea dos Estados Unidos foi encarregada em direccionar e procurar melhorias para a constelação GPS. A Boeing foi seleccionada para apoiar a Força Aérea dos Estados Unidos na arquitectura do futuro do GPS, orientando a introdução de novas capacidades e tecnologias nos satélites Block-IIF para criar um satélite modernizado.

O sistema GPS-IIF trás uma performance de próxima geração à constelação. Os satélites GPS-IIF são elementos críticos para a segurança nacional dos Estados Unidos e para sustentar a disponibilidade da navegação por GPS para as aplicações civis, comerciais e de defesa a nível global. Para além de sustentar a constelação GPS, os satélites IIF possuem mais capacidade e uma performance de missão melhorada.

Cada satélite GPS-IIF proporciona uma maior precisão de navegação através de melhorias na tecnologia dos relógios atómicos; um novo sinal civil (L5) para auxiliar a aviação comercial e as operações de busca e salvamento; melhoria no sinal militar e potência variável para melhor resistência às interferências em ambientes hostis; um tempo de vida útil de 12 anos fornecendo um serviço de longo prazo e custos de operação reduzidos; um processador reprogramável que pode receber actualizações de software para a melhora da operacionalidade do sistema.

O primeiro satélite GPS-IIF foi lançado desde o Cabo Canaveral a 28 de Maio de 2010 e entrou ao serviço para a Força Aérea dos Estados Unidos a 26 de Agosto de 2010, após a finalização dos testes em órbita.

Este foi o 4933º lançamento orbital bem sucedido, sendo o 1426º lançamento orbital bem sucedido dos Estados Unidos e o 619º lançamento orbital bem sucedido a partir do Cabo Canaveral.

Para 2013 estão agora previstos 114 lançamentos orbitais. A seguinte tabela mostra os totais de lançamentos executados este ano em relação aos previstos para cada polígono (entre parêntesis estão os lançamentos fracassados se for o caso):

Baikonur – 8 / 32

Plesetsk – 2 / 15

Dombarovskiy – 0 / 3

Cabo Canaveral AFS – 4 / 14

Wallops Island MARS – 1 / 4

Vandenberg AFB – 1 / 6

Kauai – 0 / 1

Jiuquan – 1 / 4*

Xichang – 1 / 3

Taiyuan – 0 / 4*

Tanegashima – 1 / 4

Kourou – 2 / 14

Satish Dawan, SHAR – 1 / 4

Sohae – 0 / 1*

Semnan – 1 (1?)* / 4*

Naro – 1 / 1

Odyssey – 1 (1) / 1*

* Valores incertos

Os próximos cinco lançamentos orbitais são:

23 Mai (0226:00) – Delta-IV-M+(5,4) (D362) – Cabo Canaveral, SLC-37B – WGS-5

28 Mai (2031:24) – 11A511U-FG Soyuz-FG (045) – Baikonur, LC1 OU-5 – Soyuz TMA-09M

03 Jun (0918:31) – 8K82KM Proton-M/Briz-M (93540/99541) – Baikonur, LC200 PU-39 – SES-6

05 Jun (2136:59) – Ariane-5ES (VA213) – CSG Kourou, ELA3 – ATV-4 ‘Albert Einstein’

07 Jun (????:??) – CZ-2F/G Chang Zheng-2F/G (Y10) – Jiuquan LC43/603 – SZ-10 Shenzhou-10

Imagem: ULA

Deixe um comentário