Atlantis prepara-se para o regresso à Terra




A tripulação do vaivém espacial Atlantis levou a cabo uma série de testes das superfícies de controlo do vaivém espacial para assim garantir que podem ser colocadas nas posições necessárias para um perfil de reentrada nominal. Esta série de testes é levada a cabo antes do regresso de cada vaivém espacial.

Os astronautas procederam à activação da unidade auxiliar de energia n.º 1 (APU-1) para esta fornecer energia às superfícies aerodinâmicas. Durante a operação destas superfícies foram observadas libertações de pedaços de gelo que usualmente se forma nas asas.

A tripulação também levou a cabo um teste do sistema de controlo de reacção RCS cujos motores serão utilizados durante a fase inicial do processo de reentrada atmosférica.

Entretanto às 079UTC do dia 20 de Julho a tripulação do Atlantis procedeu ao lançamento desde o porão de carga do vaivém espacia, do pequeno satélite Pico-Satellite Solar Cell (PSSC 2). Este tornou-se assim no último satélite a ser lançado por um vaivém espacial e tem como função levar a cabo duas experiências para o Departamento de Defesa dos Estados Unidos. A primeira experiência é a Miniature Tracking Vehicle (MTV) para demonstrar a capacidade de um nano-satélite servir como uma referência orbital para sistemas de seguimento no solo enquanto demonstra um sistema de controlo de atitude nos três eixos espaciais, a utilização de propulsão sólida para alteração dos parâmetros orbitais, comunicações adaptativas e monitorização activa da performance de células solares. A segunda experiência é denominada Compact Total Electron Content Sensor (CTECS) e irá fazer a demonstração de um sensor capaz de detectar a densidade ionosférica.

Com as condições atmosféricas aceitáveis no Centro Espacial Kennedy, o Atlantis deverá accionar os motores de manobra orbital pelas 0849:04UTC do dia 21 de Julho com a aterragem prevista para as 0956:58UTC. Uma segunda oportunidade de aterragem está prevista para as 1132:55UTC.

 
 


Imagem: NASA; Vídeo: NASATV

Deixe um comentário