Astronautas Norte-americanos realizam actividade extraveícular



EVAUS34 1

Dois astronautas Norte-americanos levaram a cabo um passeio espacial não planeado para libertarem um pequeno veículo de transporte que estava preso no exterior da estação espacial internacional.

O problema não era crítico nem representava um problema de segurança para a ISS, mas representava uma situação muito indesejável, o que levou à sua rápida resolução.

O equipamento em questão era relativo ao denominado Mobile Transporter (MT) que é utilizado para transportar componentes no sistema robótico Mobile Servicing System (MSS) ao longo da estrutura da ISS. Ao longo da zona frontal da principal estrutura da ISS – especificamente nos segmentos S0, S1, S3, P1 e P3, existe uma estrutura de carris onde o MT se desloca para assim proporcionar transporte para o braço robot da ISS.

No dia 17 de Dezembro, enquanto que o MT estava num processo controlado a partir do solo movimentando-se do Worksite-4 (WS-4) para o WS-2, o Translation Drive (TD) Integrated Motor Controller Assembly-A (IMCA-A) sofreu um erro, resultando no MT ficar parado logo após ter deixado o WS-4. Verificou-se outro erro quando o MT tentou regressar ao WS-4.

Após uma reunião realizada a 20 de Dezembro, a equipa ISS Mission Management Team (IMMT) deu luz verde para uma actividade extraveícular (passeio espacial) para libertar o veículo que estava preso.

A AEV teve início às 1245UTC do dia 21 de Dezembro e teve uma duração de 3 horas e 15 minutos, com a repressurização do módulo Quest a ser iniciada às 1601UTC.

Para além de resolverem o problema inicial, os astronautas Scott Kelly e Timothy Kopra, levaram a cabo outras tarefas que seriam realizadas em futuras actividades extraveículares. Kopra abriu as portas de acesso para facilitar a substituição de caixas de aviónicos no segmento central S0 e colocou cabos de ethernet que serão necessários para o futuro módulo laboratorial Russo. Kelly continuou os trabalhos iniciados no princípio de 2015 para recolocar cabos de fornecimento de energia para um novo mecanismo de acoplagem que será instalado em 2016.

Esta foi a 191ª actividade extraveícular dedicada à construção, manutenção ou reparação da estação espacial internacional desde 1998, sendo a 7º em 2015, a 3ª para Scott Kelly e a 2º para Timothy Kopra. O tempo total em AEV levado a cabo por 122 astronautas e cosmonautas dedicado à ISS, é de 1.195 horas e 20 minutos.

Imagem: NASATV

 

Deixe um comentário