Aplicando nova energia na moda



iNanoEnergy_generator_node_full_image_2 1

Uma empresa ʽstart-upʼ apoiada pela ESA está a trabalhar com estudantes de moda para incorporar dispositivos de captação de energia em novos desenhos de alta-moda inspirados no espaço. Os resultados serão revelados num desfile de moda no Museu de Ciência de Londres, no dia 25 de Maio.

A iniciativa ʽCouture in Orbitʼ da ESA junta cinco top escolas de moda Europeias com empresas têxteis e de tecnologia avançadas para explorar o futuro da moda.

A escola britânica de moda Ravensbourne está a trabalhar em conjunto com a companhia ʽstart-upʼ portuguesa iNanoEnergy. Fundada por um grupo de estudantes da Universidade do Porto, esta jovem companhia está alojada na incubadora de empresas da ESA no Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade.

O corpo humano gera cerca de 120 watts de calor por dia, e está em movimento por períodos prolongados”, explica um dos elementos da empresa Joel Puga.

Temos vindo a desenvolver micro- e nano-geradores suficientemente pequenos para incorporá-los na roupa e sapatos para a produção de energia.”

O objectivo é recarregar as baterias de sensores na próxima geração de têxteis e sapatos inteligentes e, no futuro, recarregar ʽsmartphonesʼ e outros dispositivos.”

A miniatura de geradores combina duas tecnologias com património do espaço. ʽTermoeletricidadeʼ envolve a conversão de calor em electricidade, muitas vezes aplicada para fornecer energia à aeronave em espaço profundo a partir de decaimento radioactivo.

A ʽPiezoeletricidadeʼ gera electricidade a partir da compressão ou outro stress mecânico, e é usada em sensores e atuadores das aeronaves.

Neste momento estamos a investigar a iluminação LED incorporada em sapatos,” acrescenta Joel. “Em vez de depender de baterias como os sapatos LED que se podem comprar hoje em dia, estes seriam potenciados pelos nossos geradores, sendo assim amigos do ambiente e com um período de vida mais longo.”

A iNanoEnergy está a trabalhar com os estudantes de Ravensbourne para incorporar o máximo possível da sua tecnologia em sapatos.

O resultado será uma surpresa,” comenta Joel. “Estamos ansiosos para vê-lo tal como qualquer outra pessoa.”

Para seguir o progresso do projecto, visite por favor: http://couture-in-orbit.tumblr.com/.

Notícia e imagem: ESA

Tags:  

Deixe um comentário