Anomalia na injecção orbital para os dois satélites Galileo



Galileo FOC 09

Ao contrário do que havia sido inicialmente anunciado pela Arianespace e pela Roscosmos, o lançamento dos satélites Galileo-FOC FM01 (Doresa) e Galileo-FOC FM02 (Milena) não correu como previsto.

O lançamento teve lugar às 1227:11UTC do dia 22 de Agosto de 2014 e foi levado a cabo pelo foguetão Soyuz-STB/Fregat-MT (E15000-006/1039) na missão VS09 a partir da Plataforma de Lançamento ELZ do CSG Kourou, Guiana Francesa. Todas as fases do lançamento pareciam ter corrido como previsto e os anúncios da Arianespace reflectiam isso mesmo com a recepção dos sinais enviados pelos satélites como seria previsto.

Porém, ao se verificar os parâmetros orbitais dos dois satélites verificou-se a ocorrência de uma anomalia na fase final do lançamento. A órbita alvo deveria ser circular com uma inclinação de 55,04º e um semi-eixo maior de 29.900 km. Os satélites encontram-se agora numa órbita elíptica com uma excentricidade de 0,23, um semi-eixo maior de 26.200 km e uma inclinação de 49,8º.

Galileo FOC 08

Tanto o estágio Fregat-MT como os dois satélites estão numa condição estável e numa posição na qual não reprsentam qualquer risco. Os propolentes residuais no Grefat-MT foram purgados como previsto e o estágio foi normalmente despressurizado.

Uma análise inicial aponta para a possível ocorrência de uma falha na fase de voo envolvendo o estágio Fregat-MT, levando a que os satélites fossem ejectados numa órbita indesejada.

A análise e investigação do problema irá continuar para se determinar a verdadeira causa do ocorrido.

Deixe um comentário