Anatoly Berezovoy (1942 – 2014)



Berezovoy, Anatoly

A 20 de Setembro de 2014 faleceu o cosmonauta Anatoly Berezovoy, tinha 73 anos de idade.

Anatoly Berezovoy foi o Comandante da primeira missão destinada à estação espacial Salyut-7. Juntamente com o cosmonauta Valentin Lebedev, ambos foram lançados a 13 de Maio de 1982 numa missão planeada para ter uma duração de seis meses com uma possível extensão que se veio a confirmar, tornando-se numa missão de sete meses.

Após a acoplagem com a Salyut-7 a 14 de Maio, os dois homens procederam à activação da estação espacial, um processo que demorou vários dias, e colocaram em órbita um satélite de rádio-amador denominado Iskra-2, antes de passarem a uma estadia rotineira em órbita terrestre na qual observaram a superfície terrestre e procederam ao fabrico de cristais. Em Junho de 1982 os dois homens receberam a visita da tripulação da Soyuz T-6, que incluiu o espaçonauta francês Jean-Loup Chrétien. Em Agosto, numa segunda visita, Berezovoy e Lebedev receberam a tripulação da Soyuz T-7 que incluiu a segunda mulher a viajar no espaço, Svetlana Savitskaya.

Berezovoy Savitzkaya

Em princípios de Dezembro os dois homens já haviam obtido mais de 20.000 imagens da superfície terrestre e haviam fabricado cristais electrónicos numa fábrica especial a bordo da estação.

Apesar de os dois homens terem passado por momentos de tensão pessoal durante a presença de sete meses a bordo da Salyut-7, foi mais tarde revelado que ambos mal se falavam nas últimas semanas da missão. Os cosmonautas sobreviveram à missão em boas condições físicas e regressaram à Terra a bordo da Soyuz T-7 que havia sido deixada na estação pelos seus visitantes de Agosto de 1982.

O grande desafio dos dois cosmonautas acabou por ser a operação de recolha após a aterragem nas estepes nevadas do Cazaquistão. O regresso teve lugar à noite e durante intenso nevoeiro e nuvens baixas. Após a aterragem a cápsula terá rolado por uma colina e a primeira tentativa de resgate por helicóptero fez uma aterragem de emergência, danificando o veículo de resgate. O Comandante deste teve de conduzir de forma verbal a aterragem do segundo helicóptero que acabou por chegar aos cosmonautas enregelados. Os dois homens passaram a noite num veículo todo-terreno e quando regressaram a Baikonur na manhã seguinte, não eram capazes de caminhar pelo seu próprio pé. No entanto, acabariam por recuperar passado alguns dias.

Anatoly Nikolayevich Berezovoy (Анатолий Николаевич Березовой) nasceu a 11 de Abril de 1942 na vila de Enem, Distrito de Oktyabr, na Região Autónoma Russa de Adigei. Na adolescência trabalhou como operador de torno na fábrica Neftemash na cidade de Novocherkasek, mas pouco depois ingressou no exército. Entre 1961 e 1965 frequentou a Escola Superior da Força Aérea de Kacha perto de Volgogrado, e de seguida passou dois anos como instrutor de voo. Mais tarde serviu num esquadrão de caças na Moldávia.

Berezovoy

Anatoly Berezovoy ingressou no grupo militar de cosmonautas em Maio de 1970 e finalizou o curso de treino básico dois anos mais tarde. Depois, iniciou um curso de 4 anos de estudo na Academia da Força Aérea Yuri Gagarin em 1973 e juntou-se ao grupo de treino para missões na estação espacial militar Almaz. Na altura do seu 33º aniversário, afirmou mais tarde, tinha a certeza de que nunca iria voar no espaço. Havia sido designado como Comandante de uma tripulação que era a quarta numa série de dois voos para a Salyut-5. O Programa Almaz não era a nomeação de escolha para os cosmonautas soviéticos, dado que o uma vez ambicioso programa havia sido seriamente diminuído nos últimos anos.

Os problemas registados com a Soyuz-23 em Outubro de 1976 levaram a que os responsáveis soviéticos decidissem realizar uma terceira missão à Salyut-5, a Soyuz-24, e Berezovoy serviu então como Comandante suplente para essa missão.

Entre 1978 e 1981, Berezovoy treinou como Comandante de uma tripulação Almaz de três homens que deveria testar o veículo tripulado TKS. Este era um veículo de 4 toneladas que deveria acoplar com a estação espacial Almaz e ambos seriam lançados por foguetões Proton. O programa acabaria por ser cancelado em 1981 e como Comandante sénior no programa, Berezozoy estava bem colocado para ser transferido para o programa da Salyut-7 quando um dos comandantes desse programa, Yuri Isaulov, foi medicamente desqualificado. em Janeiro de 1982.

Após a missão Soyuz T-5, Anatoly Berezovoy serviu como Comandante suplente para a missão indo-soviética Soyuz T-11 em Abril de 1984.

Berezovoy cosmonautaEm 1986 Berezovoy foi designado para o grupo de salvamento composto por comandantes veteranos que estavam prontos para voar missões só com um tripulante caso surgisse uma emergência a bordo da estação espacial Mir. Os pilotos Vladimir Luakhov e Anatolu Berezovoy foram designados como comandantes das duas tripulações para a missão conjunta sovieto-afegã que foram apressadamente constituídas em Fevereiro de 1988 para uma missão a ser lançada apenas seis meses mais tarde. Berezovoy iria servir como Comandante suplente para essa missão. Em Julho de  1990, quando os cosmonautas Anatoly Solovyov e Alexander Balandin realizaram uma actividade extraveícular não planeada para reparar o seu veículo Soyuz TM em órbita, Berezovoy estava pronto para voar uma missão de emergência que acabaria por não ser necessária.

Para lá do seus serviço nas tripulações de emergência, Berezovoy supervisionou o treino dos candidatos a pilotos-cosmonautas de 1989 e 1990. Regressou ao treino activo para uma misão espacial em 1991 numa tripulação com Nikolai Budarin, mas em Agosto de 1992 foi medicamente desqualificado após ter sido agredido num assalto registado na sua garagem.

Anatoly Berezovoy deixou o serviço activo na Força Aérea com a patente de coronel em Janeiro de 1993, mas permaneceu no Centro de Treino de Cosmonautas Yuri Gagarin como oficial de treino civil.

Anataly Berezovoy foi o 107º ser humano e o 551º cosmonauta soviético a realizar um voo espacial orbital. A única missão na qual participou teve uma duração de 211 dias 9 horas 4 minutos e 32 segundos.

Biografia baseada num texto de Michael Cassutt publicado em “Who’s Who In Space – The International Space Station Edition“, 1999.

Deixe um comentário