Adiada a acoplagem da Soyuz TMA-12M com a ISS



TMA-12M 104

A acoplagem da Soyuz TMA-12M com a estação estação espacial internacional foi adiada por 48 horas devido a um problema de atitude da cápsula espacial registado após o seu lançamento.

O foguetão lançador 11A511U-FG Soyuz-FG teve uma performance mais elevada do que era esperado o que levou a que a órbita da Soyuz TMA-12M atingisse um apogeu 20 km mais alto do que previsto. Como as manobras orbitais designadas dV3 e dV4 têm como objectivo corrigir as disparidades resultantes da performance do lançador, as queimas não tiveram o resultado previsto, e o computador de bordo decidiu utilizar os denominados DPO (propulsores de atitude) em vez do motor principal para realizar a manobra, tendo acontecido algo durante esta transição que se crê ter sido um problema de software.

As tentativas de comunicação através do sistema geossincrono da NASA não foram bem sucedidas, mas crê-se que pelo menos uma de duas das cinco correcções orbitais foi bem sucedida.

O actual plano é colocar a Soyuz TMA-12M numa órbita mais elevada do que a ISS e deixar a estação espacial ir se aproximando da cápsula espacial.

Os três tripulantes encontram-se bem.

Imagem: Roscosmos

Deixe um comentário