A Roscosmos morreu, viva a Roscosmos!



Roscosmos 000831

O Presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, assinou o Decreto n.º 666 que extinguiu a Agência Espacial Federal Roscosmos. Todos os documentos relacionados com a actividade da agência espacial serão agora aplicáveis à Corporação Estatal para as Actividades Espaciais ‘Roscosmos’.

O Presidente Russo instruiu o Governo Russo para garantir a continuidade dos poderes e funções da antiga agência espacial que estes sejam transferidos para a Corporação Roscosmos. Da mesma forma, o governo deve estabelecer os necessários procedimentos de liquidação dentro dos prazos oficiais estabelecidos, além de estabelecer garantias e compensações aos funcionários eventualmente dispensados.

O decreto presidencial terá efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2016.

Deixe um comentário