A curta viagem da Soyuz TMA-16



O Comandante da estação espacial Jeffrey Williams e o cosmonauta russo Maxim Surayev procederam à recolocação do veículo de transporte Soyuz TMA-16 para um novo porto de acoplagem.

A manobra teve início às 1003UTC do dia 20 de Janeiro de 2010 com a separação entre a Soyuz TMA-16 e o módulo Zvezda quando os dois veículos estavam a sobrevoar a costa Sudoeste de África. A cápsula afastou-se até cerca de 30 metros da ISS.

Após a separação, Maxim Surayev utilizou os motores de manobra da Soyuz TMA-16 para executar uma manobra, alinhando o seu veículo com o novo módulo Poisk. A acoplagem entre a Soyuz TMA-16 e o Poisk teria lugar às 1024UTC. Esta acoplagem marcou assim a primeira utilização deste novo porto de acoplagem no Poisk que por sua vez se encontra acoplado ao ponto zénitedo módulo Zvezda.

A actividade extraveícular que foi levada a cabo pelos cosmonautas Maxim Surayev e Oleg Kotov no dia 14 de Janeiro de 2010 serviu para preparar o Poisk para receber os veículos Soyuz TMA e Progress M.

A Soyuz TMA-16 será utilizada a 16 de Março para o regresso à Terra de Surayev e Williams.

Em preparação para a chegada do novo módulo Tranquility em Fevereiro, os astronautas Timothy Creamer e Jeffrey Williams irão utilizar o Canadarm2 para transferirem o adaptador PMA-3 do módulo Unity para o módulo Harmony, abrindo assim espaço para a acoplagem do novo módulo.

 

Deixe um comentário