50º aniversário do voo da Voskhod



Voskhod emblema

A 12 de Outubro de 1964 o mundo era surpreendido pelo lançamento da Voskhod e por mais um feito espacial espectacular por parte da União Soviética.

Os Estados Unidos preparavam o lançamento da primeira missão tripulada do Programa Gemini que iria colocar em órbita pela primeira vez dois homens a bordo de uma cápsula espacial. Na União Soviética, o desenvolvimento da cápsula Soyuz, capaz de transportar três cosmonautas, estava muito atrasado e não se podia permitir que os Estados Unidos conseguissem esse feito de colocar a primeira tripulação em órbita.

voskhod-1

h_voskhod_crew_01,1

3113744480_f6587b2a80

Visto como um avanço tecnológico sem par, o voo da Voskhod (posteriormente designada Voskhod-1) marcou mais um ponto e um grande avanço na Corrida Espacial para os soviéticos. Porém, na altura não se teve a noção de que esta terá sido uma das missões espaciais mais arriscadas da História, uma missão que surpreendeu o próprio Sergei Korolev com o regresso bem sucedido à Terra.

No fundo a cápsula Voskhod tratava-se de uma cápsula Vostok à qual haviam sido retirados vários dos seus sistemas de bordo, pois não havia espaço para alojar os três cosmonautas mantendo a mesma configuração. Os três homens a bordo, Vladimir Komarov, Konstantin Feoktistov e Boris Yegorov, não envergaram qualquer fato espacial pressurizado que os protegesse numa eventual despressurização da cabine e a cápsula espacial não possuía um sistema de emergência para remover o veículo caso ocorresse um eventual acidente durante o lançamento. A missão de cerca de 24 horas foi cumprida com o sistema de manutenção de vida no seu limite.

Apesar de todos os aspectos, sem dúvida uma missão notável e uma homenagem ao engenho do Desenhador Chefe Sergei Korolev.

voskhod_1_crew

voskhod-1_rol

voskhod_start

Imagens: arquivo Em Órbita

Deixe um comentário