2010-026 Falcon-9 (F-1) * Dragon Qualification Unit




Um marco histórico para a futura utilização do espaço foi hoje alcançado pela empresa SpaceX – Space Exploration Technologies – ao colocar em órbita a denominada Unidade de Qualificação do seu novo foguetão Falcon-9.

O lançamento inaugural deste veículo foi várias vezes adiado e mesmo dentro da sua janela de lançamento de quatro horas várias foram as vezes que os especialistas tiveram de resolver alguns problemas técnicos para além de terem de lidar com embarcações que sistematicamente violavam a zona de restrição ao largo do Cabo Canaveral.

Finalmente, às 1845UTC os nove motores principais do primeiro estágio deste novo lançador entraram em ignição iniciando assim um voo histórico. O lançamento foi levado a cabo desde o Complexo de Lançamento SLC-40 do Cabo Canaveral AFS. Com uma separação limpa entre o primeiro e o segundo estágio, a missão continuou sem qualquer problema. O segundo estágio e a Dragon Qualification Unit foram então colocadas em órbita a uma altitude de 250 km e com uma inclinação de 34,5º.

O Falcon-9 é um lançador a dois estágios que consome querosene (RP-1) e oxigénio líquido (LOX), tal como o foguetão Falcon-1 utilizando os mesmos motores, arquitectura estrutural (com um diâmetro mais largo), sistemas aviónicos e sistemas de lançamento.  O foguetão tem um comprimento de 54,9 metros e um diâmetro de 3,6 metros, sendo capaz de colocar 333.400 kg numa órbita terrestre baixa (careganem de 5,2 metros) ou 332.800 kg numa órbita de transferência para a órbita geossíncrona (carenagem de 5,2 metros de diâmetro).


A Dragon Qualification Unit é um modelo do veículo Dragon que é fabricado pela SpaceX. Esta unidade serviu para avaliar as condições aerodinâmicas  e a performance do lançador.

De recordar que à SpaceX foi atribuído por parte da NASA um contrato para o abastecimento de carga à estação espacial internacional ISS ao abrigo do programa COTS (Commercial Orbital Transportation Services).

Este foi o 4711º lançamento orbital levado a cabo desde 4 de Outubro de 1957, sendo o 3º lançamento orbital da SpaceX (1º em 2010) e o 595º lançamento orbital a ter lugar desde o Cabo Canaveral AFS (5º em 2010).

 


A seguinte lista mostra o total de lançamentos previstos para cada polígono de lançamento em 2010. O primeiro número indica os lançamentos realizados, enquanto que o segundo número indica os lançamentos previstos. Quando surgir algum número entre parêntesis quererá indicar um lançamento falhado incluído nos lançamentos já realizados. os números serão actualizados à medida que se verificarem alterações.

GIK-5 Baikonur (Rússia / ILS / Kosmotras) – 10 / 32
GIK-1 Plesetsk (Rússia / Eurockot) – 3 / 11
Dombarovskiy (Rússia / Kosmotras) – 0 / 5
Cabo Canaveral AFS (EUA / ULA / SpaceX) – 5 / 16
Centro Espacial Kennedy (EUA) – 3 / 5
MARS White Sands – 0 / 1
Vandenberg AFB (EUA / ULA) – 0 / 8
Kodiak (EUA) – 0 / 2
Ilha de Omelek (SpaceX) – 0 / 2
Jiuquan (China) – 1 / 3
Xi Chang (China) – 2 / 10
Taiyuan (China) – 0 / 5
Tanegashima (Japão) – 1 / 2
CSG Kourou (Arianespace) – 1 / 7
Satish Dawan SHAR (Índia) – 1 (1) / 6
Semnan (Irão) – 0 / 1
Naro (Coreia do Sul) – 0 / 1
Palmachin – 0 / 1

Imagens: SpaceflightNow por Ben Cooper disponíveis em "First Falcon 9 rocket 9 blasts off"

Deixe um comentário