2010-015 Atlas-V/501 (AV-012) * X-37B OTV-1



A Força Aérea dos Estados Unidos levou a cabo o lançamento de um veículo espacial experimental, o X-37B, utilizando os serviços de lançamento da ULA (United Launch Alliance).

O X-37B Orbital Test Vehicle (OTV) irá fazer a demonstração de uma plataforma não tripulada reutilizável e fiável. Os objectivos do programa do OTV incluem a experimentação espacial do veículo e o conceito de desenvolvimento de operações para as tecnologias de veículos reutilizáveis.

O lançamento teve lugar às 2352:00,242UTC do dia 22 de Abril de 2010 e foi levado a cabo por um foguetão Atlas-V/501 (AV-012) a partir do Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS. O X-37B OTV-1 separou-se do estágio Centaur às 0011UTC do dia 23 de Abril (T+19m 58s).


O X-37B OTV é o mais recente e mais avançado veículo espacial com a capacidade de regressar á Terra. Tendo por base o desenho do X-37, o OTV é desenhado para um lançamento vertical para a órbita terrestre baixa onde pode levar a cabo experiências e testes relacionados com tecnologias espaciais durante longos períodos. Após receber os comandos do solo, o OTV reentra na atmosfera de forma autónoma e acaba por aterrar numa pista.

As tecnologias que serão testadas incluem sistemas avançados de controlo, orientação e navegação, novos sistemas de protecção térmica, sistemas de aviónicos, estruturas e selagens de altas temperaturas, sistemas de isolamento reutilizáveis, e sistemas de voo electromecãnicos ultraleves. O X-37B OTV irá também demonstrar as capacidades de voo orbital, reentrada e aterragem de forma autónoma.

 

Este foi o 4700º lançamento orbital levado a cabo desde 4 de Outubro de 1957, sendo o 1385º lançamento orbital dos Estados Unidos (5º em 2010) e o 593º lançamento orbital a ter lugar desde o Cabo Canaveral AFS (3º em 2010).

A seguinte lista mostra o total de lançamentos previstos para cada polígono de lançamento em 2010. O primeiro número indica os lançamentos realizados, enquanto que o segundo número indica os lançamentos previstos. Quando surgir algum número entre parêntesis quererá indicar um lançamento falhado incluído nos lançamentos já realizados. os números serão actualizados à medida que se verificarem alterações.

GIK-5 Baikonur (Rússia / ILS / Kosmotras) – 7 / 32
GIK-1 Plesetsk (Rússia / Eurockot) – 1 / 9
Dombarovskiy (Rússia / Kosmotras) – 0 / 5
Cabo Canaveral AFS (EUA / ULA / SpaceX) – 3 / 17
Centro Espacial Kennedy (EUA) – 2 / 5
MARS White Sands – 0 / 1
Vandenberg AFB (EUA / ULA) – 0 / 8
Kodiak (EUA) – 0 / 2
Ilha de Omelek (SpaceX) – 0 / 2
Jiuquan (China) – 1 / 4
Xi Chang (China) – 1 / 13
Taiyuan (China) – 0 / 5
Tanegashima (Japão) – 0 / 2
CSG Kourou (Arianespace) – 0 / 9
Satish Dawan SHAR (Índia) – 1 (1) / 6
Semnan (Irão) – 0 / 1
Naro (Coreia do Sul) – 0 / 1
Palmachin – 0 / 1

Imagens: ULA / USAF

Deixe um comentário