2010-006 8K82KM Proton-M/Briz-M * Intelsat-16



A ILS (International Launch Services) levou a cabo o lançamento do satélite de comunicações Intelsat-16 às 0039:40,013UTC do dia 12 de Fevereiro de 2010. O lançamento foi levado a cabo por um foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M a partir da Plataforma de lançamento PU-39 do Complexo de Lançamento LC200 do Cosmódromo GIK-5 Baikonur, Cazaquistão.

A separação do primeiro estágio ocorreu às 0041UTC seguindo-se a separação entre o segundo e o terceiro estágio às 0044UTC, segundos mais tarde ocorria a separação das duas metades da carenagem de protecção da carga. A separação do estágio superior Briz-M ocorreu às 0049UTC. A primeira queima do Briz-M ocorreu entre as 0050UTC e as 0054UTC.

Esta é uma missão de mais de nove horas antes da separação do Intelsat-16. A segunda queima do Briz-M ocorre entre as 0150UTC e as 0208UTC, com a terceira queima a ter lugar entre as 0406UTC e as 0424UTC. Pelas 0425UTC ocorre a separação do tanque toroidal do Briz-M e a quarta e última queima ocorre entre as 0949UTC e as 1000UTC. A separação do Intelsat-16 ocorre às 1014UTC.

O Intelsat-16 foi construído pela (OSC) Orbital Sciences Corporation e é baseado no modelo Star-2.4. A sua massa no lançamento é de 2.056,6 kg e o satélite terá uma vida operacional de 16 anos. O satélite, também designado IS-16, será localizado na órbita geossíncrona a 58º longitude Oeste. Este satélite de banda Ku de grande potência irá fornecer a capacidade de expansão para a SKY Mexico oferecendo serviços de alta definição, nomeadamente notícias, desporto e programação de entretenimento para os clientes direct-to-home. Adicionalmente, o IS-16 estará disponível para fornecer uma capacidade suplente para a SKY Brasil.

Este foi o 4691º lançamento orbital levado a cabo desde 4 de Outubro de 1957, sendo o 2858º lançamento orbital da Rússia (3º em 2010) e o 1246º lançamento orbital a ter lugar desde o Cosmódromo GIK-5 Baikonur (3º em 2010).

A seguinte lista mostra o total de lançamentos previstos para cada polígono de lançamento em 2010. O primeiro número indica os lançamentos realizados, enquanto que o segundo número indica os lançamentos previstos. Quando surgir algum número entre parêntesis quererá indicar um lançamento falhado incluído nos lançamentos já realizados. os números serão actualizados à medida que se verificarem alterações.

GIK-5 Baikonur (Rússia / ILS / Kosmotras) – 3 / 36

GIK-1 Plesetsk (Rússia / Eurockot) – 0 / 5

Vostochniy (Rússia) – 0 / 1

Dombarovskiy (Rússia / Kosmotras) – 0 / 3

Cabo Canaveral AFS (EUA / ULA / SpaceX) – 1 / 17

Centro Espacial Kennedy (EUA) – 1 / 5

Vandenberg AFB (EUA / ULA) – 0 / 8

Kodiak (EUA) – 0 / 2

Ilha de Omelek (SpaceX) – 0 / 2

Jiuquan (China) – 0 / 3

Xi Chang (China) – 1 / 14

Taiyuan (China) – 0 / 6

Tanegashima (Japão) – 0 / 2

CSG Kourou (Arianespace) – 0 / 10

Satish Dawan SHAR (Índia) – 0 / 9

Semnan (Irão) – 0 / 1

Naro (Coreia do Sul) – 0 / 1

Odyssey (Sea Launch) – 0 / 1

Palmachin – 0 / 1

Imagem: TV Tsenki / Roscosmos

Deixe um comentário