2010-002 8K82KM Proton-M/Briz-M * Raduga-1M



A Rússia levou a cabo o lançamento do satélite de comunicações militar Raduga-1M às 0018:00UTC do dia 28 de Janeiro de 2010. O lançamento teve lugar a partir da Plataforma de Lançamento PU-24 do Complexo de Lançamento LC81 do Cosmódromo GIK-5 Baikonur, Cazaquistão, e foi levado a cabo por um foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M.

Os satélites Raduga-1M

Os satélites Raduga-1M (também designado Globus-1M; artigo 17F15M) são construídos pela ISS Reshetnev (anteriormente conhecida como NPO Prikladnoi Mekhaniki, NPO PM) em Zheleznogorsk. Estes são satélites de comunicações que são utilizados pelo Ministério da Defesa da Rússia para enviar informações seguras para estações móveis das suas forças militares. Estes são versões melhoradas dos satélites Raduga-1 (Globus) e são baseados nas plataformas dos satélites Gorizont, raduga-1 e Ekspress-A.

Com uma massa de 2.300 kg no lançamento, cada satélite transporta seis repetidores e está equipado com o sistema de transmissão de multi-canal. A sua vida útil em órbita é de 3 anos.

O primeiro satélite Raduga-1M (32373 2007-058A) foi colocado em órbita a 9 de Dezembro de 2007 (0016UTC) por um foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M (53526/88526) lançado desde a Plataforma de Lançamento PU-24 do Complexo de Lançamento LC81 do Cosmódromo GIK-5 Baikonur.

O foguetão Proton-M

Tal como o 8K82K Proton-K, o 8K82KM Proton-M é um lançador a três estágios podendo ser equipado com um estágio superior Briz-M ou então utilizar os usuais estágios Block DM. As modificações introduzidas no Proton incluem um novo sistema avançado de aviónicos e uma ogiva com o dobro do volume em relação ao 8K82K Proton-K, permitindo assim o transporte de satélites maiores. Em geral este lançador equipado com o estágio Briz-M, construído também pela empresa Khrunichev, é mais poderoso em 20% e tem maior capacidade de carga do que a versão anterior equipada com os estágios Block DM construídos pela RKK Energiya.

O 8K82KM Proton-M/Briz-M em geral tem um comprimento de 53,0 metros, um diâmetro de 7,4 metros e um peso de 712.800 kg. É capaz de colocar uma carga de 21.000 kg numa órbita terrestre baixa a 185 km de altitude ou 2.920 kg numa órbita de transferência para a órbita geossíncrona, desenvolvendo para tal no lançamento uma força de 965.580 kgf. O Proton-M é construído pelo Centro Espacial de Pesquisa e Produção Estadual Khrunichev, tal como o Briz-M.

O primeiro estágio Proton KM-1 tem um peso bruto de 450.400 kg, pesando 31.000 kg sem combustível. É capaz de desenvolver uma força de 1.074.000 kgf no vácuo, tendo um Ies (Impulso específico) de 317 s (o seu Ies-nm -Impulso específico ao nível do mar – é de 285 s) e um Tq (Tempo de queima) de 108 s. Este estágio tem um comprimento de 21,0 metros e um diâmetro de 7,4 metros. Tem seis motores RD-253 (14D14) e cada um tem um peso de 1300 kg e desenvolvem 178.000 kgf (em vácuo), tem um Ies de 317 s e um Ies-nm de 285 s. O Tq de cada motor é de 108 s. Consomem N2O4/UDMH e foram desenhados por Valentin Glushko.

O segundo estágio, 8S811K, tem um peso bruto de 167.828 kg e uma massa de 11.715 kg sem combustível. É capaz de desenvolver 244.652 kgf, tendo um Ies de 327 s e um Tq de 206 s. Tem um diâmetro de 4,2 metros, uma envergadura de 4,2 metros e um comprimento de 14,0 metros. Está equipado com quatro motores RD-0210 (também designado 8D411K, RD-465 ou 8D49). Desenvolvidos por Kosberg, cada motor tem um peso de 566 kg, um diâmetro de 1,5 metros e um comprimento de 2,3 metros, desenvolvendo 59.360 kgf (em vácuo) com um Ies de 327 s e um Tq de 230 s. Cada motor tem uma câmara de combustão e consomem N2O4/UDMH.

O terceiro estágio, Proton K-3, tem um peso bruto de 50.747 kg e uma massa de 4.185 kg sem combustível. É capaz de desenvolver 64.260 kgf, tendo um Ies de 325 s e um Tq de 238 s. Tem um diâmetro de 4,2 metros, uma envergadura de 4,2 metros e um comprimento de 6,5 metros. Está equipado com um motor RD-0212 (também designado RD-473 ou 8D49). Desenvolvido por Kosberg, o RD-0212 tem um peso de 566 kg, um diâmetro de 1,5 metros e um comprimento de 2,3 metros, desenvolvendo 62.510 kgf (em vácuo) com um Ies de 325 s e um Tq de 230 s. O motor tem uma câmara de combustão e consome N2O4/UDMH.

O quarto estágio, Briz-M, tem um peso bruto de 22.170 kg e uma massa de 2.370 kg sem combustível. É capaz de desenvolver 2.000 kgf, tendo um Ies de 326 s e um Tq de 3.000 s. Tem um diâmetro de 2,5 metros, uma envergadura de 1,1 metros e um comprimento de 2,6 metros. Está equipado com um motor S5.98M (também designado 14D30). O S5.98M tem um peso de 95 kg e desenvolve 2.000 kgf (em vácuo) com um Ies de 326 s e um Tq de 3.200 s. O motor tem uma consome N2O4/UDMH.

O primeiro lançamento do foguetão 8K82KM Proton-M/Briz-M teve lugar a 7 de Abril de 2001 (0347:00,525UTC) quando o veículo 535-01 utilizando o estágio Briz-M (88503) colocou em órbita o satélite de comunicações Ekran-M 18 (26736 2001-014A) com uma massa de 1970 kg a partir do Cosmódromo GIK-5 Baikonur (LC81 PU-24).

Este foi o 4687º lançamento orbital levado a cabo desde 4 de Outubro de 1957, sendo o 2856º lançamento orbital da Rússia (1º em 2010) e o 1244º lançamento orbital a ter lugar desde GIK-5 Baikonur (1º em 2010).

A seguinte lista mostra o total de lançamentos previstos para cada polígono de lançamento em 2010. O primeiro número indica os lançamentos realizados, enquanto que o segundo número indica os lançamentos previstos. Quando surgir algum número entre parêntesis quererá indicar um lançamento falhado incluído nos lançamentos já realizados. os números serão actualizados à medida que se verificarem alterações.

GIK-5 Baikonur (Rússia / ILS / Kosmotras) – 1 / 37

GIK-1 Plesetsk (Rússia / Eurockot) – 0 / 5

Vostochniy (Rússia) – 0 / 1

Dombarovskiy (Rússia / Kosmotras) – 0 / 3

Cabo Canaveral AFS (EUA / ULA / SpaceX) – 0 / 17

Centro Espacial Kennedy (EUA) – 0 / 5

Vandenberg AFB (EUA / ULA) – 0 / 8

Kodiak (EUA) – 0 / 2

Ilha de Omelek (SpaceX) – 0 / 2

Jiuquan (China) – 0 / 3

Xi Chang (China) – 1 / 14

Taiyuan (China) – 0 / 6

Tanegashima (Japão) – 0 / 2

CSG Kourou (Arianespace) – 0 / 10

Satish Dawan SHAR (Índia) – 0 / 9

Semnan (Irão) – 0 / 1

Naro (Coreia do Sul) – 0 / 1

Odyssey (Sea Launch) – 0 / 1

Alcântara – 0 / 1

Imagens: Roskosmos

Deixe um comentário