Lançamento do Cosmos 2518 (vídeo)

Vídeo do lançamento do satélite Cosmos 2518 a 25 de Maio de 2017 a partir do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk.

Leia mais

O Sentinel-2 captura o branqueamento de corais da Grande Barreira de Coral

O cientistas observaram o branqueamento da Grande Barreira de Coral da Austrália, no início deste ano, usando imagens de satélite. Embora capturar estes eventos a partir do espaço tenha sido difícil no passado, as visitas frequentes do Sentinel-2, bem como a sua resolução faz com que isso seja possível.

Os corais da Grande Barreira de Coral sofreram agora dois episódios de branqueamento em anos sucessivos. O especialistas estão muito preocupados com a capacidade de sobrevivência dos recifes sob o aumento da frequência destes eventos induzidos pelo aquecimento global.

O branqueamento acontece quando as algas que vivem nos tecidos dos corais, que capturam a energia do Sol e são essenciais para a sobrevivência do coral, são expelidas devido à alta temperatura da água.

O coral de...

Leia mais

Notícias da ESA (699)

ESA

As mais recentes notícias da ESA…

– Russian wildfires

– Dedicated control

– Earth from Space

– Week In Images

Leia mais

Rússia lança novo satélite EKS

 

As Forças Militares Russas levaram a cabo o lançamento de um novo satélite cuja função é detectar o lançamento de mísseis balísticos intercontinentais.

O lançamento do segundo satélite EKS, por vezes designado como ‘Tundra’, teve lugar às 0633:41UTC do dia 25 de Maio de 2017 e foi levado a cabo por um foguetão 14A14-1B Soyuz-2-1B/Fregat-M a partir do Complexo de Lançamento LC43/4 do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk, Arkhangelsk. O satélite deverá receber a designação Cosmos 2518.

As órbitas Tundra

As órbitas Tundra são um tipo de órbita altamente elípticas nas quais um satélite passa a maior parte do seu tempo próximo do apogeu, permitindo assim uma observação mais prolongada de um determinado ponto da superfície terrestre...

Leia mais

Foguetão Electron realiza voo inaugural

O foguetão Electron da empresa Norte-americana, Rocket Lab, levou a cabo o seu primeiro voo a partir da Península de Máhia, Nova Zelândia, sem no entanto conseguir atingir a órbita terrestre. Porém, a empresa conseguiu obter dados importantes sobre o desempenho do novo lançador que conseguiu ultrapassar a fase de separação das duas metades da carenagem e da ignição do segundo estágio.

A Rocket Lab tem por objectivo expandir o mercado do lançamento de pequenos satélites. A empresa, com uma subsidiária na Nova Zelândia, torna-se assim no mais recente actor no palco internacional do lançamento de satélites.

A janela de lançamento de dez dias para a primeira missão do Electron iniciou-se às 2100UTC do dia 21 de Maio...

Leia mais

Investigação sobre a aterragem de Schiaparelli concluída

O inquérito sobre a aterragem do módulo ExoMars Schiaparelli concluiu que as informações contraditórias no computador de bordo causaram o fim prematuro da sequência de descida.

O módulo de demonstração de entrada, descida e aterragem de Schiaparelli separou-se da sua nave-mãe, o Trace Gas Orbiter, conforme planeado, a 16 de Outubro do ano passado, e avançou em direcção a Marte durante três dias.

Grande parte da descida de seis minutos, a 19 de outubro, ocorreu como esperado: o módulo entrou na atmosfera corretamente, com o escudo térmico protegendo-o a velocidades supersónicas. Os sensores na parte dianteira e os protetores traseiros coletaram dados científicos e de engenharia úteis na atmosfera e no escudo térmico.

A telemetria de Schiaparelli foi retransmitida para a nav...

Leia mais