SBIRS-GEO 3 colocado em órbita

Os satélites SBIRS-GEO são os olhos infravermelhos norte-americanos em órbita. A sua principal função é a de proporcionar um aviso antecipado sobre o lançamento de mísseis balísticos intercontinentais. O terceiro veículo da série foi colocado em órbita a 21 de Janeiro de 2017. O lançamento teve lugar às 00:42:00UTC e foi levado a cabo pelo foguetão Atlas-V/401 (AV-066) a partir do Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS.

A missão contou com duas ignições do estágio superior Centaur e a separação do satélite SBIRS-GEO 3 ocorre pelas 01:22UTC.

O lançamento decorreu sem problema com os motores do primeiro estágio do foguetão Atlas-V/401 a entrarem em ignição a T-2,720s e com o lançador a abandonar a plataforma de lançamento a T+1,121s...

Leia mais

Rússia testa Topol-M desde Plesetsk

A Rússia levou a cabo o teste de um míssil balístico intercontinental RT-2PM2 Topol-M a partir do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk no dia 16 de Janeiro de 2017.

O lançamento teve lugar a partir de um silo subterrâneo e teve como objectivo «confirmar a estabilidade do voo e as características técnicas do míssil». A ogiva atingiu com sucesso a zona de testes em Kura, Ilha de Kamchatka.

Este foi o primeiro míssil Topol-M a ser lançado desde um silo subterrâneo desde Novembro de 2014 e foi o primeiro de dez lançamentos de mísseis balísticos intercontinentais previstos para 2017.

Imagem: Arquivo

Leia mais

Adiado lançamento do SBIRS-GEO 3

O lançamento do satélite de aviso antecipado SBIRS-GEO 3 que estava previsto para ter lugar às 00:41UTC do dia 20 de Janeiro de 2017, foi adiado por 24 horas.

O lançamento foi adiado devido a um problema registado num sensor localizado no foguetão lançador e devido à violação do espaço aéreo restrito por um pequeno avião. Este adiamento deu-se a 4 minutos do lançamento quando a contagem decrescente já se encontrava com um atraso de 40 minutos em relação à hora prevista.

O lançamento está agora previsto para as 00:42:00UTC do dia 21 de Janeiro e será levado a cabo pelo foguetão Atlas-V/401 (AV-066) que será lançado desde o Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS, Florida.

Space Based Infra Red Sensor – Geostationary é a componente espacial do programa...

Leia mais

ISS ao luar

É um pássaro? É um avião? Não, é a ISS (Estação Espacial Internacional) que aparentemente  flutua através da superfície Lua. Esta imagem espectacular foi capturada por uma dedicada equipa no ESAC, no sábado 14 de Janeiro.

Tirando partido da Lua cheia, da órbita relativa da Estação Espacial Internacional e do excelente céu nocturno no Estabelecimento Ibérico da ESA, esta imagem composta mostra claramente alguns dos principais elementos da estrutura da estação. A imagem é uma superposição de treze imagens capturados às 02:01:14 CEST (hora central europeia de verão). O fenómeno é extremamente rápido: a ISS levou apenas 0,56 segundos para atravessar o disco lunar. Devido a isso, foi necessário um planeamento cuidadoso para gravar o evento com sucesso.

Veja o vídeo

Os ...

Leia mais

Notícias da ESA (640)

ESA

As mais recentes notícias da ESA…

– Online course on human spaceflight with ESA astronaut Christer Fuglesang

– Earth from Space

– Galileo clock anomalies under investigation

– Big Island

Leia mais

ULA vai lançar SBIRS-GEO 3

A 20 de Janeiro o foguetão Atlas-V/401 (AV-066) será lançado desde o Complexo de Lançamento SLC-41 do Cabo Canaveral AFS, Florida, transportando o satélite SBIRS-GEO 3. O lançamento deverá ter lugar às 00:46UTC.

Space Based Infra Red Sensor – Geostationary é a componente espacial do programa SBIRS-High que substitui o sistema DSP de satélites de aviso antecipado do lançamento de mísseis balísticos intercontinentais.

O satélite foi desenvolvido pela Lockheed Martin e é baseado no modelo A2100M, tendo uma massa de cerca de 4.500 kg. A sua vida operacional é de 12 anos.

Leia mais