SpaceX lança primeiro satélite de comunicações para a Bulgária

A SpaceX levou a cabo com sucesso mais uma missão comercial ao colocar em órbita o primeiro satélite de comunicações para a Bulgária, o BulgariaSat-1.

O lançamento teve lugar ás 1910UTC do dia 23 de Junho de 2017 e foi levado a cabo por um foguetão Falcon-9 reutilizando um primeiro estágio já utilizado numa missão anterior. Esta é a segunda missão de um Falcon-9 com um primeiro estágio já utilizado numa outra missão. O lançamento foi levado a cabo a partir do Complexo de Lançamento LC-39A do Centro Espacial Kennedy.

O primeiro estágio foi recuperado com sucesso após uma descida na plataforma flutuante ‘Of Course I Still Love You‘.

O primeiro estágio Core 1029 foi anteriormente utilizado na primeira missão Iridium NEXT lançada desde a Base Aérea de Vandenberg a 14 de Janei...

Leia mais

Coreia do Sul lança míssil balístico

A Coreia do Sul levou a cabo o lançamento de um míssil balístico a 23 de Junho de 2017.

O lançamento do míssil Hyunmoo-2 teve lugar pelas 0130UTC a partir de Anhueng.

O alcance do míssil é de 800 km.

Leia mais

Rússia lança Cosmos-2519

A Rússia levou a cabo o lançamento de um satélite militar a partir do Cosmódromo GIK-1 Plesetsk, região de Arkhangelsk. O lançamento teve lugar às 1804:33UTC do dia 23 de Junho de 2017 a partir do Complexo de Lançamento LC43/4.

Não existem informações relativamente ao satélite colocado em órbita, porém rumores apontam para que este seja o primeiro satélite do tipo 14F150 Napryazhenie, que será um satélite geodésico militar.

O foguetão 14A15 Soyuz-2.1V é a mais recente derivação do míssil balístico intercontinental R-7 desenvolvido nos anos 50 do Século XX por Sergei Korolev. De forma geral o novo foguetão pode ser descrito como um foguetão Soyuz mas sem incluir os característicos quatro propulsores laterais. Por outro lado, o primeiro estágio foi também modificado...

Leia mais

Missão de onda gravitacional selecionada, avança a missão de caça-ao-planeta

O trio de satélites LISA, para a detecção de ondas gravitacionais no espaço, foi seleccionado como a terceira missão de grande categoria no programa de Ciência da ESA, enquanto o caçador de exoplanetas Plato passa para o desenvolvimento.

Estes importantes marcos foram decididos ontem, durante uma reunião do Comité do Programa de Ciência da ESA, e asseguram a continuação do plano Visão Cósmica da ESA, durante as próximas duas décadas.

O “universo gravitacional” foi identificado em 2013 como o tema da terceira missão de grande categoria, L3, em busca de ondulações no tecido do espaço-tempo, criado por objetos celestiais com gravidade muito forte, como pares de buracos negros fundidos.

Previstas há um século atrás pela teoria geral da relatividade de Albert Einstein, as o...

Leia mais

NASA lança RockOn/RockSat-C

A agência espacial Norte-americana, NASA, levou a cabo o lançamento de uma missão suborbital às 0930UTC do dia 22 de Junho de 2017.

A missão NASA 41.121UO (RockOn/RockSat-C) foi lançada desde Wallops Island utilizando um foguetão-sonda Terrier-Improved Orion.

A bordo seguiam várias experiências desenvolvidas por estudantes.

Imagens: NASA

Leia mais

Novos catálogos para o arquivo-legado de Herschel

Dois novos catálogos, baseados em dados do Observatório Espacial Herschel da ESA, foram divulgados à comunidade científica. Os catálogos de fontes pontuais são exemplos de um novo tipo de produto de dados de dois dos instrumentos do Herschel, SPIRE e PACS. Estes catálogos fazem parte do legado duradouro da missão Herschel e facilitarão ainda mais a exploração de dados e direcionarão pesquisas decorrentes.

Os catálogos de fontes pontuais SPIRE e PACS são exemplos dos produtos de dados altamente processados do Herschel, ou HPDPs. Os dados de missões como os de Herschel são sistematicamente processados em produtos “padrão” bem calibrados através de canais de programas informáticos automáticos que corrigem muitas assinaturas instrumentais e artefactos nos dados...

Leia mais